DÚVIDAS 


 O que é fadiga?


É a tendência de um material quebrar-se quando submetido a esforços repetidos. Isto significa que, mesmo tendo o fixador suportado o esforço de tração com o qual foi inicialmente apertado, o mesmo pode vir a romper-se; dependendo das tensões e da freqüência das cargas dinâmicas envolvidas.

 

O que significa 8.8, 10.9 e 12.9? Quais as diferenças entre eles?


Essa numeração representa a classe de resistência que o parafuso possui.

8.8
8
800 N/mm² mínimo de resistência a tração
.8
80% da tração = limite de escoamento de 640 N/ mm²

10.9
10
1040 N/mm² mínimo de resistência a tração
.9
90% da tração = limite de escoamento de 936 N/ mm²

12.9
12
1220 N/mm² mínimo de resistência a tração
.9
90% da tração = limite de escoamento de 1098 N/ mm²

As diferenças são:
Quanto menor for a classe de resistência do parafuso, maior será a sua ductilidade, porém menor será a sua capacidade de gerar força.
Quanto maior for a classe de resistência do parafuso, menor será a sua ductilidade, porém maior será a sua capacidade de gerar força.
O que e Ductilidade?
É a capacidade de deformação do material até sua ruptura, sendo que, quanto mais dúctil for o parafuso, maior será sua capacidade de alongamento sem se romper.
Parafusos com boa ductilidade podem ser apertados até a zona elasto-plástica, onde obtêm-se a maior força de fechamento da junta.

 

Qual tratamento superficial devo utilizar nos parafusos 12.9 quando necessitar de uma

aplicação em ambiente corrosivo?


Algumas das alternativas para se evitar a fragilização por hidrogênio em parafusos de alta resistência é fazer-se uso de um processo de tratamento superficial que não tenha oferta de hidrogênio, isto é, que não ocorra por banho eletrolítico e não possua processo de limpeza por decapagem ácida. Como é o caso dos organo-metálico, por exemplo: Zintek, Geomet, Dacromet ou Delta Protekt.

 

Quais processos podem causar a hidrogenização dos parafusos?


A decapagem ácida e a eletrodeposição de zinco estão entre os tratamentos superficiais mais comuns que causam a hidrogenização.

 

O que é fragilização por hidrogênio?


A fragilização por hidrogênio é associada a fixadores com dureza superior a 30 HRC e produzidos com aço carbono ou aço liga. Seu efeito pode causar diminuição de ductilidade, trincas ou rupturas nos fixadores, ainda que aplicados sob tensões abaixo de suas resistências ao escoamento.

A absorção do hidrogênio livre do banho eletrolítico, ou de qualquer outra fonte, pode provocar a fragilidade do material.
Isso ocorre porque o hidrogênio atômico que migrou para os contornos dos grãos (ponto de maior concentração de tensão) gera uma pré-tensão no fixador que, ao apertado, excede sua capacidade de carga, ocorrendo, em pouco tempo, sua fratura.

ONDE ESTAMOS


AVENIDA ANICETO ZACCHI, 287 - PONTE DO IMARIUM | PALHOÇA - SC | 48 3242 1936
RUA PAPA PAULO VI, 349 - PONTE DO IMARUIM | PALHOÇA - SC | 48 3065 8008

SIGA-NOS NO INSTAGRAM


Fuso6  Fuso8  Fuso9  Fuso10 
Fuso12 Fuso4 Fuso7 Fuso16

 

 

SIGA-NOS NO FACEBOOK


© FUSOPEÇAS | 2018 - Todos os direitos reservados

Please publish modules in offcanvas position.